FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade
    HumanX: a instalação-imersão high-tech do SPFW N48
    Exposição Humanx / Agência Fotosite
    HumanX: a instalação-imersão high-tech do SPFW N48
    POR Redação

    Por Rodolfo Vieira

    Iniciado em 2017, o Projeto Estufa alcança a 3ª edição esta semana com o SPFW N48, no Pavilhão das Culturas Brasileiras, para discutir comportamentos futuros. De 15 a 17 de outubro, em meio a programação intensa de atividades do projeto, o público que visitar a semana de moda terá passe livre para a instalação-imersão “HumanX”, idealizada por Roberto Martini, fundador da holding de disrupção criativa FlagCX. 

    Para apresentar a ativação, com a presença de Martini, Paulo Borges, diretor criativo do SPFW, e Graça Cabral, curadora do Projeto Estufa, promoveram uma masterclass de abertura para convidados nesta segunda-feira (14), no Farol Santander, a fim de apresentar a ideia por trás desta edição e o porquê do convite a um dos profissionais mais visionários da indústria criativa para integrar a programação fazer tamanho sentido na agenda do evento. 

    “Onde se convive entre a tecnologia e a pessoa?”. Foi a partir desse questionamento que Paulo explica ter iniciado uma conversa com Roberto Martini durante os preparativos deste projeto para o SPFW, cujo propósito é oferecer uma experiência imersiva que reacende a discussão em torno da tecnologia e o homem; da relatividade por trás do que consideramos como verdade absoluta, uma vez que cada um utiliza de sua própria subjetividade para interpretar a realidade; e, sobretudo, das transformações resultantes pela junção cada vez maior da era digital à realidade física.

     


    Ver essa foto no Instagram

    Foi aberto hoje o #PROJETOESTUFA 03 no @farolsantander com uma masterclass reunindo @pborgesj diretor criativo do SPFW, @gracacabral,curadora do núcleo de conhecimento do Projeto Estufa e @robertomartini inspirador convidado desta edição. Na pauta, o futuro do humano frente ao desenvolvimento tecnológico e a velocidade da informação que circula no mundo digital atualmente. Considerado um profissional dos mais visionários da indústria criativa brasileira, @robertomartini é sócio fundador da @flagcx – grupo de empresas que atuam nas áreas de tecnologia, publicidade e marketing. É dele também a idealização da “Humanx –Todas as Perspectivas são Realidades Alternativas” que acontece dentro do Pavilhão das Culturas Brasileiras, no Parque do Ibirapuera, durante o #SPFWN48. O Projeto Estufa é apresentado pelo Ministério da Cidadania e Santander, através da lei federal de incentivo à cultura. #SPFW #bancodamoda @Santanderbr

    Uma publicação compartilhada por São Paulo Fashion Week (@spfw) em

    Em entrevista ao FFW, Martini diz que HumanX pretende “provocar reflexão e questionar o que é real” com a instalação, protagonizada por meio de um device, um óculos de realidade mista. “A pessoa se colocará nesse espaço onde a tecnologia auxilia a tangibilização de que existem perspectivas alternativas à realidade dela, para que isso a faça refletir em seus desafios no dia a dia – momentos em que nós, sem querer, nos colocamos a interpretar tais contextos que não são os nossos”, conta Roberto. 

    Ao lado do espaço Maker’s Lab, no Pavilhão, HumanX ocupa um espaço significativo da SPFW e será um dos grandes atrativos desta edição. No local, uma equipe uniformizada encontra-se presente para orientar os interessados na imersão tecnológica, estruturada em duas partes: a primeira, a seção de preparação do conteúdo relacionado a HumanX, com detalhes, por exemplo, sobre a pesquisa pela FlagCX da influencer digital Lil Miquela; enquanto na segunda, um integrante do staff acompanha o visitante individualmente, de mãos dadas, pela exposição.

    Ao adentrar o cenário-experiência, será possível, por meio de um dispositivo acoplado a cabeça, enxergar uma outra realidade completamente digital habitada por pessoas moldadas em 3D, inexistentes na vida real, justamente para provocar reflexão no público sobre o que entendemos pelo nosso contexto e o do outro.

    Foto: Agência Fotosite

    Foto: Agência Fotosite

    “Nós crescemos com a ideia do ‘trate alguém como você gostaria de ser tratado’, quando, na verdade, deveria ser ‘trate alguém como a pessoa gostaria de ser tratada’”, pondera o CEO da FlagCX. “Não é o teu padrão de comportamento que é o padrão geral. A proposta é nos desconectarmos dos vícios que temos ao nos colocarmos como ponto central da interpretação de contextos externos.”

    SERVIÇO

    “HumanX – Todas as perspectivas são realidades alternativas” na SPFW N48

    Datas: 15 a 18 de outubro}
    Local: Pavilhão das Culturas Brasileiras – Parque do Ibirapuera (Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n)
    Horário: 9h às 22h
    Classificação etária: 18 anos (menores devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais)

    Não deixe de ver
    Grupos de corrida: A nova febre que vai além do esporte
    Como o Tiktok vem influenciado o comportamento de pré-adolescentes?
    Você também está obcecado por Nara Smith?
    Como o vape está fazendo jovens fumarem mais
    A relação da Geração Z com a vida noturna
    Como Mounjaro e Ozempic estão transformando nossa relação com a magreza
    Met Gala: tudo que você precisa saber sobre o evento
    Come to Brazil: continuamos trend entre os gringos. O que está por trás disso?
    Moda e comida estão cada vez mais juntas
    Está todo mundo correndo? Como a corrida se tornou o esporte que mais atrai praticantes
    FFW