20.12.2016 / Comportamento / por

Livro SMEAR compila poemas de jovens feministas

Greta Bellamacina ©Reprodução
Greta Bellamacina ©Reprodução

Este ano tivemos uma série de lançamentos com viés feminista. Por exemplo, no âmbito mainstream, Beyoncé citou os versos da queniana Warsan Shire ao longo do “Lemonade”, seu estrondoso álbum visual, e o Blood Orange usou nos samples de sua música “Freetown Sound” o poema “For Colored Girls”, da americana Ashlee Haze. Por aqui, Mel Duarte, que popularizou as batalhas de poesia e se apresentou na Festa Literária Internacional de Paraty deste ano, encabeça o movimento – aliás, vale muito conhecer o seu trabalho.

Agora, a poetisa, cinegrafista e modelo britânica Greta Bellamacina acaba de lançar a SMEAR (New River Press), uma compilação com poemas de diferentes autoras que abordam questões inerentes ao mundo feminino: desde a autoimagem criada a partir de relacionamentos a ideais de corpo e beleza.  Para tanto, ela divulgou no Instagram, na conta de sua editora, a @NewRiverPress, um chamado para receber poemas feministas de suas leitoras. Dos milhares que recebeu do mundo inteiro, ela selecionou apenas 20 para compor o SMEAR.

A ideia é apoiar as poetisas que estão começando agora. “Acho que não há nada igual no mundo da poesia”, diz Bellamacina ao site da Dazed. “Não havia um lugar confortável para que jovens mulheres na adolescência, ou aos seus 20 e poucos anos, pudessem expressar seus pensamentos, suas políticas e emoções através da poesia. Ao longo de minha vida, achei frustrante ver diversas poetisas desistirem logo no início da carreira. Eu queria que a SMEAR estivesse aberta às poetisas de primeira viagem”, explica.

O livro pode ser adquirido pelo site da editora, que entrega no Brasil.

A capa do livro SMEAR, de Greta Bellamacina ©Reprodução
A capa do livro SMEAR, de Greta Bellamacina ©Reprodução

Relacionadas


Veja Também

Assine a Newsletter do FFW

Receba semanalmente no
seu e-mail nossos conteúdos
especiais e exclusivos

×