FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade

    Alexandre dos Anjos assina figurino de novo espetáculo do Balé da Cidade

    O Balé da Cidade está com um novo espetáculo em cartaz no Theatro Municipal de São Paulo, MUYRAKYTÃ, que celebra o a Semana de 22. O evento que catapultou o modernismo brasileiro completa 100 anos e tem recebido muitas homenagens, de coreografias como esta a encartes especiais em jornais e rodadas de podcasts. O principal legado da Semana de 22 é a descolonização da arte brasileira que acontecia padronizada por uma estética europeia.

    A coreografia de Allan Falieri traz a força disruptiva do movimento e um mergulho na utopia de uma sociedade equitativa. No release oficial, ele cita uma frase de Mário de Andrade que sempre devemos ter por perto, por mais distante que seja sua realidade: “O passado é lição para refletir, não para repetir.”

    E nos corpos dos bailarinos, para dar vazão a essa resistência coreografada, estão as vestes do estilista Alexandre dos Anjos, um dos integrantes da Casa de Criadores. Artista de mão cheia e de grande sensibilidade, ele pintou sobre os figurinos a partir de uma pesquisa sobre os pintores da época. “Meu trabalho envolve pintura e utilizo o corpo como suporte para a minha arte. Olhei muito para o expressionismo das obras de Anita Malfatti, entre outros pintores da época e cheguei a conclusão de que deveria soltar a mão e deixar a minha pintura fluir”, disse em uma conversa comigo. Tive liberdade pra construir dentro das necessidade dos espetáculo minha própria linguagem de mundo”, finaliza Alexandre. E de fato, o figurino dá nova vida às figuras  e cores fortes que nos acostumamos a ver em suas apresentações na Casa de Criadores.

    Foto: @stigfotografia

    Foto: @stigfotografia

    O artista misturou alfaiataria e malha, pantalonas e pregas, de forma a criar peças que não restringisse os movimentos dos bailarinos. “Ver a roupa criada por mim ganhando forma e movimentos de dança foi lindo. Ter as cores dançando em sintonia com os corpos, com a música, com o espaço e encontrar um equilíbrio e sintonia, foi um exercício incrível”.

    Vale mencionar também a participação de outra artista, a poeta Ryane Leão, que também integra a equipe deste espetáculo que, sem dúvida, vale ser visto.

    MUYRAKYTÃ fica em cartaz até dia 27.02. Compre seu ingresso aqui.

    Não deixe de ver
    Por dentro da exposição do Met 2024
    Zendaya e seu segundo look para o Met Gala 2024
    Anna Wintour usa Loewe para o Met Gala 2024
    Pabllo Vittar em collab com a Pornograffiti, os novos modelos da Rolex, a bebida especial da Melissa e muito mais
    Por trás do figurino de ‘A Loja de Atrocidades’
    Coletivo da Amazônia pinta mural no principal Pavilhão da Bienal de Veneza
    Gisele Bündchen no Rio para o lançamento de seu segundo livro, a nova diretora criativa da Bulgari, o brasileiro vencedor de prêmio da Chanel e muito mais
    Gabriel Massan: o artista brasileiro que saiu da Baixada Fluminense para os palcos de Madonna
    Musical ‘A Loja de Atrocidades’ reúne Som, aromas, visuais e performances
    Maxwell Alexandre assina colaboração com a estilista Angela Brito
    FFW