FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade
    Louis Vuitton é a marca de luxo mais valiosa do mundo segundo lista da “Forbes”
    Louis Vuitton é a marca de luxo mais valiosa do mundo segundo lista da “Forbes”
    POR Redação
    louis-vuitton-marca-mais-valiosa-lista-forbes

    Fachada de loja da Louis Vuitton em Las Vegas ©Getty Images

    Apesar de a lista anual da “Forbes” com as 100 marcas mais valiosas do mundo ter sido mais uma vez dominada pelas empresas de tecnologia – Apple, Microsoft e Google, entre elas -, uma marca de luxo conseguiu entrar para o seleto top 20 desta edição do ranking: a Louis Vuitton.

    + California Dreaming: o desfile Cruise da Louis Vuitton em Palm Springs

    A conquista da 14ª posição pela marca controlada pelo conglomerado de luxo LVMH é mais um sinal de que o diretor criativo Nicholas Ghesquière tem feito um excelente trabalho, impactando positivamente as vendas. “Para a Louis Vuitton, 2014 foi caracterizado por um forte momento criativo, dominado pela recepção entusiasmada dos primeiros desfiles de Nicholas Ghesquière e dos novos produtos”, afirmava um comunicado divulgado pelo grupo no início deste ano, sinalizando o otimismo da empresa.

    Mas quais outras marcas de moda também conquistaram um espaço no top 100? Dezenove posições depois da Louis Vuitton – e batendo outros representantes do alto escalão da indústria de luxo por uma margem considerável –, no 33º lugar, está a fast fashion sueca H&M. A rede registrou lucros de cerca de R$ 1,35 bilhão apenas no primeiro trimestre deste ano, o que representa um crescimento de 36% com relação ao ano anterior. Segundo a H&M, o segredo do sucesso está “nas ofertas atraentes aos clientes e na forte expansão, tanto por meio de lojas quanto do e-commerce”.

    Na sequência do ranking, estão as seguintes grifes – em uma sequência no mínimo surpreendente: Gucci, na posição 42; Hermès, na 51; Cartier, na 55; Zara, na 58; Coach, na 63; Rolex, na 65; Prada, na 74; Chanel, na 85; e Ralph Lauren e Target,  na 89 e 92, respectivamente. Para ver a lista completa das 100 marcas mais poderosas do mundo segundo a “Forbes”, clique aqui.

    Não deixe de ver
    Inditex, dona da Zara, lança marca para competir com a Shein
    Usher como modelo da Skims, o novo diretor criativo da GAP, vendas da Kering em queda e mais!
    Arezzo e Grupo Soma confirmam fusão para formar empresa de R$ 12 bilhões
    Arezzo e Grupo Soma se preparam para uma possível fusão
    Ação judicial entre a Chanel e a WGACA tem início em NY
    O que o sucesso do Ssense tem a ensinar para os e-commerces de moda?
    Farfetch é comprada pela sulcoreana Coupang
    O consumo de fast fashion no Brasil
    A Fórmula 1 e a moda nunca estiveram tão próximos
    Filas destroem a experiência de compra?