FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade

    Novo nome da Arezzo & Co é revelado

    Fundidas desde fevereiro deste ano, o novo nome era uma grande expectativa para a maior holding de moda da América Latina

    Novo nome da Arezzo & Co é revelado

    Fundidas desde fevereiro deste ano, o novo nome era uma grande expectativa para a maior holding de moda da América Latina

    POR Gabriel Fusari

    O mistério acabou. Depois de se fundirem para formar nova empresa, a Arezzo & Co e o Grupo SOMA já bateram o martelo de qual será o novo nome da holding: Azzas 2154. A escolha combina o nome das empresas com o mote do novo momento da empresa, “Arezzo rumo ao ano 2154”, revelado em evento no início do ano. 

    A partir de agora, a Azzas 2154 é a proprietária de marcas como Arezzo, Schutz e Anacapri somando ao portfólio de vestuário com Hering e Farm, assim apresentando ao mercado um portfólio de 34 marcas, 2057 lojas, 1520 franquias e 22 mil multimarcas, gerando ao todo R$11,98 bilhões de receita bruta anual, como aponta a Bloomberg. 

    Agora, o que falta é o novo nome e a incorporação ser de fato aprovada pelos acionistas em uma assembleia que acontecerá dia 18 de junho, mas desde março o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) já havia aprovado a fusão. 

    Não deixe de ver
    Iguatemi reúne players da moda internacional em jantar exclusivo em Nova York
    Chanel tem aumento de 16% de vendas em 2023 graças a Virginie Viard
    Novo nome da Arezzo & Co é revelado
    Rosalía como nova embaixadora da Dior, as datas dos desfiles Cruise, a coleção entre Alexandre Herchcovitch e Aramis e muito mais
    Grupo Arezzo&Co faz evento de lançamento de novas coleções em São Paulo
    João Maraschin e seu desfile em Copenhague, o programa All Stars da Converse, o lucro da Hermès e muito mais
    Como a Misci se tornou a marca mais influente do Brasil?
    Valentino e Kering com queda nas vendas, a nova CEO da Ganni, a collab entre a Melissa e a Undercover e muito mais
    A Chanel ainda vale o preço que cobra?
    Chinesa Temu chega ao Brasil em 2024
    FFW