10.02.2020 / Cinema / por

Hair Love: a ótima história por trás do curta de animação que venceu o Oscar

Uma história que merece ser contada: o filme Hair Love venceu na categoria Melhor Curta de Animação no Oscar 2020. Criado pelo ex-jogador de futebol americano Matthew Cherry, o curta começou como um projeto no Kickstarter em 2017 e acabou levantando quase US$ 300 mil de mais de quatro mil doadores.

Hair Love conta a história de um homem que deve pentear a filha pela primeira vez e foi justamente inspirado por videos que Cherry viu de pais negros tendo que pentear suas filhas.

Silenciosamente, entre esses doadores, estava a marca Dove, que pertence ao gigante grupo Unilever. Se você espera ver algum produto inserido no filme, não vai encontrar. A única menção da Dove aparece nos créditos, junto aos outros doadores. “Queríamos ajudar Matthew a fazer este filme para as próximas gerações, mas o conteúdo era realmente todo dele. Como outros patrocinadores do Kickstarter, recebemos um agradecimento especial no final do filme”, diz à Fast Company Esi Eggleston Bracey, COO de beleza e cuidados pessoais da Unilever na América do Norte.

A marca tem trabalhado com a equipe da animação em uma maneira “team work”, totalmente colaborativa.

DeAndre Arnold entre o diretor Matthew A. Cherry e a produtora Gabrielle Union / Reprodução
DeAndre Arnold entre o diretor Matthew A. Cherry e a produtora Gabrielle Union / Reprodução

Quando o adolescente DeAndre Arnold foi suspenso de sua escola no Texas por usar dreadlocks, os produtores do filme logo foram atrás dele e o convidaram para ir ao Oscar. A equipe quis celebrar a herança e o orgulho afro de DeAndre diante da reação racista em torno de seu penteado. A Dove providenciou cabelo, maquiagem e roupas para ele e sua mãe na noite do Oscar. Pensa agora nesse menino voltando pra escola essa semana…

A marca também tem trabalhado para ajudar a espalhar a mensagem de Hair Love, exibindo o filme para comunidades de Nova York e Los Angeles, nas quais o diretor se juntará para um Q&A ao vivo com o público junto a um expert de auto-estima da Dove, Dre Brown.

Essa parceria mostra uma forma atual e justa de criar e realizar projetos. O fato da Dove não ter entrado com produtos nem com divulgação agressiva, na verdade, conta ainda mais pontos para a marca. É o marketing do não marketing trazendo frutos, respeitando totalmente a expressão artística.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×