FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade
    presidente lula e janja silva, de Misci, na diplomação em Brasília. foto: reprodução

    Janja Silva usa look da Misci na diplomação do presidente Lula

    Futura primeira dama escolhe novamente a marca nacional para uma aparição pública

    Janja Silva usa look da Misci na diplomação do presidente Lula

    Futura primeira dama escolhe novamente a marca nacional para uma aparição pública

    POR Gabriel Fusari

    A futura primeira-dama Janja da Silva já é assunto muito antes da posse do Presidente Lula. Atraindo olhares por conta de sua presença, beleza, carisma e estilo, Janja tem chamado a atenção da comunidade da moda brasileira. 

    Muitos já fazem suas apostas para saber qual designer ou marca nacional ela vestirá na festa do dia 1º de janeiro, em Brasília. Esse segredo está sendo guardado à sete chaves, tanto por ela quanto por seu designer escolhido.

    Desde seu casamento, em maio deste ano, onde usou um vestido de bordados assinado por Helô Rocha, ficou nítido que ela tem um apreço pela moda nacional. 

    Em sua mais recente aparição pública na diplomação presidencial de Lula nesta segunda-feira (12/12) no TSE, Janja mostrou mais uma vez sua preferência por marcas brasileiras. 

    Ela escolheu usar um blazer branco de linhas minimalistas e acinturado em crepe, combinado com uma saia midi verde oliva de barra e cós em forma de onda da Misci, do designer Airon Martin, mesma marca que ela vestiu para dar sua primeira entrevista exclusiva após a vitória de Lula para o programa Fantástico, da Rede Globo. 

    blazer Misci, da coleção Eva: Matria Brasail. foto: Agência Fotosite

    As peças usadas por Janja no evento em Brasília são da coleção Eva: Matria Brasil, desfiladas na SPFW, em novembro do ano passado. Segundo o designer Airon Martin, Janja fez uma visita à sua loja, na rua Mateus Grou, no bairro de Pinheiros em São Paulo, e comprou algumas peças. “Ela quer usar roupas que tem histórias”, nos diz Airon. De acordo com Airon, ele teve a oportunidade de reforçar para a futura primeira ministra a necessidade de valorizar a indústria de moda nacional, toda cadeia, da mão de obra à produção dos tecidos. Na mesma ocasião, ela também visitou as lojas da Neriage e Reptilia, na mesma rua.

    Rosângela Lula da Silva é a próxima primeira-dama do Brasil, mas se engana quem pensa que ela terá um mero papel decorativo. Formada em Ciências Sociais pela UFPR com especialização em história e MBA em Gestão social e sustentabilidade, desde antes da diplomação de Lula, Janja se mostra ativa fazendo a ponte entre a classe cultural e política para o próximo governo. 

    Isso já pode ser visto na promoção do Festival do Futuro, show de comemoração à posse presidencial que acontecerá no primeiro dia de 2023, em Brasília. 

    Que no próximo governo a cultura passará a ser novamente protagonista a gente já sabe, mas será que vai haver também um espacinho para a moda autoral nacional nas pautas do governo?

    Não deixe de ver
    Bruna Marquezine brilha no desfile da Saint Laurent
    NADIA LEE COHEN: conheça a artista queridinha de Beyoncé e Kim Kardashian
    O caso Chiara Ferragni e por que o mercado de influenciadores exige novas regras
    Quem é Gabb? Conversamos com o criador que é o novo hit do fashion Tiktok
    Cristóbal Balenciaga: de A a Z, conheça a história do “arquiteto da moda”
    O que é o bracketing e os problemas que ele esconde
    Verena Figueiredo: sobre criação de conteúdo, carreira e autenticidade
    Rener Oliveira, o criador de conteúdo nordestino que vem furando a bolha da moda
    Adam Sandler e seu estilo (ou falta dele) nunca estiveram tão na moda
    Tiffany anuncia sua nova colaboração com a The Pokémon Company