Casa de Criadores encerra o último dia em grande estilo

ROBER DOGNANI

Ao som de Alô, Alô, Marciano, clássico de Rita Lee, Rober Dognani apresenta uma coleção que parece refletir sobre um futuro distópico e a presença de alienígenas e criaturas sobre-humanas na Terra. Uma reflexão que parece muito atual, com a Corrida Espacial dos bilionários mundiais que tem acontecido ao longo dos últimos meses. Veremos aliens, ou seríamos nós os alienígenas a colonizar outros planetas?

Vivão Project


Na sua apresentação na 48ª Edição da Casa de Criadores, Vivão imagina o futuro, um mundo que será dominado pelas máquinas e a arte servirá como um escape, um condutor de energia positiva e uma forma de expressão entre os humanos. O designer avança no seu trabalho artístico sobre as peças, em sua maioria de tons alaranjados com as pinturas artesanais de Vivão.

Além de avançar na criação de peças como os chestplates e vestidos drapeados que parecem verdadeiras esculturas nos corpos das modelos.

Rafael Caetano

A nova coleção de Rafael Caetano, batizada de Mississipi, homenagea Cristina Ortiz, uma das primeiras e mais importantes mulheres transsexuais da Espanha, cuja história foi fortemente trazida à tona novamente pelo seriado La Veneno. A coleção conta com dez looks estrelados por Léo Dias, Viviane Belebony, Vinicius Zurc & Will John e tem fotos  feitos nos porões e na sala Tarsila do Amaral, ambos parte das convenções do Centro Cultural de São Paulo.

Leandro Castro


Proeminente novo designer, Leandro Castro ficou conhecido por suas participações na Brasil Eco Fashion Week, com suas criações esculturais feitas a partir de feltro reciclado. O estilista estreia na Casa de Criadores com a coleção Luz reflete uma pesquisa sobre as vivências sensoriais da própria luz.

Para seu processo criativo, Leandro optou pela limitação no uso de matérias-primas (apenas sarjas de algodão em duas tonalidades de branco foram usados) e pelo uso de técnicas experimentais de estamparia manual (toda na cor branca e perceptível ao toque)  e de modelagens retangulares  que primam pela baixa geração de resíduo têxtil.

REIF

A Reif Non é  uma coleção contínua de roupas re-fabricadas em São Paulo e concebida por uma rede internacional de colaboradores da REIF, para ajudar na cadeia de fornecimento da manufatura artesanal no Brasil, fortemente impactada pela COVID-19. Para a sua segunda participação na Casa de Criadores, a REIF retoma o segundo drop da sua coleção contínua NON** produzida inteiramente em São Paulo com peças da autoria de Estileras, HYDRA, Yves Tumor, Ecocore, FKAWALLYS c/ FORT e Vava Dudu.

Através da Cartel 011, onde as peças apresentadas já estão disponíveis, o projeto reverte parte das suas vendas para causas já parceiras como a Casa 1 em São Paulo ou FOIRN – Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro,Amazônia. 

Teodora Oshima


Uma das principais promessas da moda nacional nos últimos tempos, Teodora Oshima realiza a sua primeira apresentação de moda na Casa de Criadores, para lançar sua segunda coleção, que sucede o sucesso de ‘Archive One’ O perfume vintage é baseado em pesquisas da década de 1970, que permeiam o mood da coleção.

A pesquisa acerca da ancestralidade nipo-brasileira da estilista, que também permeia a primeira, a segunda coleção acontece sob uma nova ótica, trazendo novas concepções para as peças., com fendas, recortes e peças mais justas, ao contrário de Archive One, que tinha peças mais cobertas e longas. 

Dendezeiro


Hisan Silva e Pedro Batalha, os dois criativos por trás da baiana Dendezeiro, apresentam a coleção Cor de Pele e fecham a Casa de Criadores em grande estilo. Os dois, que sempre pautam a negritude em suas criações, agora se aprofundam na questão, abordando o colorismo – termo utilizado para designer os diferentes tons de pele – nesta coleção.

Segundo a marca, Cor de Pele não é apenas uma coleção não tenha encerramento, e siga como um projeto fixo da marca e sempre se renove durante os anos. 

Além disso, o desfile conta com o lançamento de um novo braço comercial da marca chamada Dendezeiro Tropical, que consiste na fusão dos estilos streetwear e beachwear formando um conceito chamado pela marca de Street Swim (nado das ruas/ nadar nas ruas), onde mistura-se ousadia e personalidade em sua construção. 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×