Marca digital Baw Clothing é comprada pelo grupo Arezzo&Co

Marca foi apontada em pesquisa como a terceira marca de streetwear mais conhecida do Brasil

Fundada em 2014 pelos irmãos Bruno e Lucas Karra, a BAW Clothing, que tem como sócios também, Fernando Frizzatti e Celso Ribeiro, se tornou um fenômeno nas redes sociais com o uso de influenciadores digitais e boa comunicação com as gerações mais jovens, além de oferecer modelagens para todos os gêneros e com diversidade de corpos.

Com esse trabalho a marca nativa digital chegou a mais de 1,2 milhão de seguidores no Instagram. Já o faturamento da BAW, segundo informações, dobra a cada ano e deve ser de pelo menos R$ 80 milhões em 2021. A marca então chamou atenção do grupoArezzo&Co (Arezzo, Schutz, Reserva) e a venda da Baw foi concretizada e anunciada na últimma semana e os fundadores da BAW se tornam a partir de agora acionistas da Arezzo&Co, com plena liberdade para tocar a marca.

“É um enorme orgulho que a primeira aquisição da AR&Co seja a BAW, uma marca altamente desejada, que cresce muito na internet, possui modelo de negócios comprovado e uma enorme avenida de crescimento pela frente”, diz Meisler, CEO da AR&Co. “O que mais nos chamou atenção no negócio foram os fundadores e a apaixonante cultura que criaram, que certamente nos ajudará a cumprir a missão de criar a maior e melhor plataforma de moda brasileira aqui na AR&Co”.

De acordo com uma pesquisa Top of Mind realizada a pedido da Arezzo&Co, a BAW é a terceira marca de streetwear mais conhecida do Brasil – um feito admirável, principalmente considerando que a marca foi criada em 2014 e nunca teve lojas físicas.

“Nesse incrível ecossistema de marcas, vamos ter chance de trocar muitas experiências e aprendizados, e o maior beneficiado certamente serão os consumidores, não só da BAW, mas de todo o grupo” diz diz Bruno Karra, fundador e CEO da BAW Clothing.

Após a aquisição, Bruno e Lucas permanecem responsáveis pelas áreas de negócio e produto, respectivamente. Fernando Frizzatti, sócio com forte experiência em programação, design UX e analytics, permanece como CTO da companhia. Celso Ribeiro passará a atuar como consultor da Arezzo&Co em temas relacionados a marketing digital e de influência.

Com a aquisição, a Baw Clothing deverá se expandir para o varejo físico e ganhar lojas físicas em diversas capitais do país, que funcionarão como “centros de experimentação da marca”. A marca se beneficiará de toda a estrutura operacional do grupo e áreas de suporte, de modo a incrementar significativamente sua rentabilidade. Além de fazer uso da cadeia de fornecimento da Reserva para otimizar seu mix de produtos no segmento têxtil com foco em malharia. Também aponta-se que a Baw deve se utilizar da expertise da Arezzo&Co em calçados para marcar sua rápida entrada no mercado de sneakers casuais, visando replicar a estratégia de inúmeras marcas globais desejadas no segmento de streetwear, como Kith e Off-white.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×