PACE lança nova coleção e Felipe Matayoshi conta sobre referências Japonesas

Nova coleção é inspirada nos artefatos e vestuário de seus avós, 1ª geração de sua família que veio ao Brasil.

A Pace, marca do estilista Felipe Matayoshi, lança sua nova coleção de inverno 21. Entitulada “Family Commerce”, a coleção busca inspiração em um livro de dona Reiko Matayoshi, avó de Felipe, que retrata a história dos 40 anos de uma cooperativa que cultivava satoukibi (cana de açúcar) até ampliar as plantações para edamame, quiabo e orquídeas, em Okinawa, província pertencente ao Japão. 

O livro é repleto de fotos dos funcionários com suas vestimentas, maquinários de agricultura aos computadores nos escritórios recentes (1987), jogos e campeonatos do esporte chamado Gateball. Essas fotos e diagramação do livro serviram como base de pesquisa para formular a coleção. 

felipe_ensaiojpg

As coleções da Pace são sempre cheias de histórias, algo que não vem sem um porquê: Felipe é da terceira geração da família de origem japonesa e suas coleções, além de inspiradas no design japonês, contam sobre suas vivência e seus laços familiares. Outras fontes de referências que o inspiram são roupas e os artefatos de seus avós. Nessa coleção, mais especificamente, ele fala de Okinawa, uma província japonesa com clima tropical e um povo caloroso, que Felipe compara aos brasileiros. “É uma província bem tropical, com um povo bem receptivo, como os brasileiros. Trazer isso sobre Okinawa estando no Brasil é muito importante devido às tantas referências culturais que o Brasil carrega”

Felipe também nos conta que no Brasil está a maior colônia do povo Okinawa fora do Japão e que preservam até hoje seu dialeto – um dialeto que já foi extinto por lá, devido às pressões imperialistas. Como grande parte dos imigrantes, a família Matayoshi também empreendeu quando chegou ao Brasil, e o avô de Felipe teve uma marcenaria. A partir daí se torna bastante fácil a compreensão do nome dado à coleção: “Family Commerce”.

Pace Family Commerce | Divulgação
Pace Family Commerce | Divulgação

A Pace, como seu próprio nome sugere – ritmo ou passo – surgiu em 2017, focada em calçados e expandiu mais tarde seu mix de produtos para o vestuário e streetwear, ganhando atenção de sites internacionais do seguimento. Nessa coleção a marca retorna com um drop robusto de calçados. São 12 variações de modelos a partir de 4 bases, incluindo o “CRC” abreviação de Cacareco, apelido carinhoso dado pela indústria brasileira ao sapato de modelo “Clarks”. “Hoje pouquíssimas marcas nacionais fazem isso (calçados), claro que existem algumas exceções, mas o mercado ainda é um pouco carente nesse sentido” aponta Felipe. 

Pace, Family Commerce | Divulgação
Pace, Family Commerce | Divulgação

Atualmente Pace tem pontos de venda Portugal e no Canadá e está disponível na  Farfetch. A última coleção também tem tido uma recepção muito positiva do mercado nacional, segundo Felipe. Os produtos da Pace unem um streetwear facilmente “hypável” com uma alfaiataria inteligente e um design bastante único, diferente do que estamos acostumados a ver no mercado nacional. É realmente como Okinawa, a província que inspira Felipe Matayoshi: se mantém fiel às suas origens e tradições, conversa perfeitamente com o presente e tem um toque brasileiro. 

“Parece que a pandemia veio muito mais forte esse ano, então estamos realizados (com a boa recepção) e com energia para fazer a próxima coleção, que já estamos confeccionando.” Finaliza Felipe.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×