SPFW N51: Os destaques do segundo dia de desfiles

spfw-n51-dia-2

A segunda noite da SPFW N51 foi repleta de apresentações digitais e coleções incríveis. Perdeu alguma coisa? Não se preocupe. Reunimos abaixo os destaques e marcas desse segundo dia de evento.

Caso você tenha perdido alguma coisa do primeiro dia de desfiles, confira o nosso resumo. 

IGOR DADONA

Depois de bastante tempo de espera (o estilista tem compartilhado seu processo criativo com seus seguidores desde o início da pandemia), o estreante Igor Dadona abre o segundo dia de SPFW, com sua nova coleção Maritime

Criada justamente sob esse período, Maritime reflete sobre saúde mental, solidão, sonhos delirantes e autoconhecimento, tudo envelopado com uma estética navy. A história do filme é desenvolvida através de cinco momentos: a xícara, o barco, a tempestade, a bandeira e terra à vista, que simboliza a volta à casa e à estabilidade, com pé no chão. 

Veja as fotos da coleção completa

AZ MARIAS

A AZ Marias abre o segundo dia de marcas participantes do Projeto Sankofa na SPFW. A marca, fundada em 2015, por Cinthia Félix, busca criar peças para todos os corpos com diversidade de modelagens e tem sua produção a partir de resíduos têxteis, de forma slow e pautando a sustentabilidade em todos seus processos.

Veja as fotos da coleção completa

NAYA VIOLETA

Naya Violeta estreia na SPFW pelo Projeto Sankofa e também como a primeira estilista goiana no line-up do evento. A coleção, chamada Clarão de Foguete, fala não só da própria marca, mas da abertura de caminhos para a diversidade e representatividade, como um foguete sem freio em direção a esse clarão.

A coleção tem claras referências ao candomblé e ao cerrado brasileiro, que também aparecem nas estampas, desenvolvidas por Dani Guirra, que também assina os acessórios da coleção. 

“Toda nossa coleção é circular, as peças se entrelaçam. O fogo envolve o barro e o cobre dos acessórios da Dani. Tem os babados que representam esse movimento e que também são uma saudação ao fogo. Visivelmente vemos todos esses conceitos nas peças. Além de ser uma saudação material a nossa ancestralidade, é uma coleção linda e agradável de se ver. A gente transcende sobre a narrativa”, detalha Naya Violeta.

Veja as fotos da coleção completa

RONALDO SILVESTRE

O segundo estreante do dia na SPFW, Ronaldo Silvestre desfilou a coleção Conspiração que faz referência à Revolta dos Alfaiates, que aconteceu há 223 anos. Em 12 de agosto de 1798, Salvador amanheceu coberta de manuscritos pregados aos muros das Igrejas, convocando a população à luta por liberdade, igualdade e República. 

Na mesma linha, Ronaldo Silvestre nos convida para uma reflexão em sua apresentação sobre: o que representa o povo brasileiro, qual é sua luta, qual é sua essência e seu futuro? 

Sobre as roupas, destaque fica por conta do trabalho manual nas peças de formas amplas e fluidas em tecidos reciclados tingidos naturalmente, que são criados a partir de práticas sustentáveis de retrabalho de tecidos e capacitação de mulheres em situação de vulnerabilidade social. 

ISABELA CAPETO

Isabela Capeto apresenta sua coleção PANCS, nome dado às plantas alimentícias não convencionais. A coleção fala sobre ter um novo olhar para o que está ao nosso redor e nunca foi visto com a devida atenção, bem como um jardim ou como essas plantas não convencionais.

A estilista apresenta uma de suas melhores coleções dos últimos tempos reforçando seu DNA de forte trabalho artesanal, com bordados e estamparia floral, além do trabalho em jeans, com foco em tecidos sustentáveis.

Veja as fotos da coleção completa

MARTINS

A Martins apresenta sua coleção de verão 21-22 tendo como inspiração o estilo KinderWhore surgido em meados dos anos 90 com referências à peças de aparência infantil, maquiagem forte e sapatos de plataforma, que apareceu posteriormente no estilo de bandas de punk-rock. O filme Laranja Mecânica também serve de inspiração para Tom Martins, estilista da marca. 

Veja as fotos da coleção completa

MODEM

Em sua sexta apresentação na SPFW, a Modem, de André Boffano, apresenta uma coleção que viaja pelos arquivos e DNA da marca, usando estruturas e modelagens já existentes, reforçando o aspecto temporal da label. 

A fim de reiterar o desejo de André de criar peças sem distinção de gênero e uma moda mais diversa, o estilista pela primeira vez coloca modelos masculinos. A produção tem direção e fotografia são de Cássia Tabatini e Júlia Takamori, e styling de João Victor Borges. 

Veja as fotos da coleção completa

TRIYA

O Verão 22 da Triya é inspirado na força de Frida Kahlo, em um mergulho na vida, obra e sonhos da pintora mexicana. A marca de beachwear paulistana apresentou uma coleção de bíquinis, maiôs e caftans com estampas e cores vibrantes. Destaque para o maiô com estampa de Frida com asas de borboleta.

Veja as fotos da coleção completa

ANOTHER PLACE

A Another Place apresenta a coleção Unlock nessa SPFW, uma parceria com a cervejaria Becks, essa mistura dita o tom da coleção que foca no verde vibrante – cor que também é uma forte aposta da temporada. O filme, dirigido por Henrique Sauer, celebra a individualidade e o hedonismo mesmo em tempos difíceis, imaginando uma realidade paralela em que sonho, realidade, presente e passado se misturam. 

Destaques para as estampas das peças de segunda pele e nos tricôs e jacquards, e para a calça verde e preta, que simula uma versão wearable das calças-botas que temos visto em alguns desfiles internacionais. A marca, que já tem um forte apelo de streetwear, se aventura ainda mais nas roupas esportivas e no underwear. Tudo isso aparece no ritmo pulsante do filme, que mistura arte, dança e performance.

Veja as fotos da coleção completa

 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×