18.06.2018 / Música / por

Beyoncé e Jay-Z têm o Louvre só para eles no vídeo de APESHIT

Beyoncé e Jay-Z em frente a Mona Lisa, no Louvre
Beyoncé e Jay-Z em frente a Mona Lisa, no Louvre

O primeiro video do disco colaborativo Everything Is Love, do casal “The Carters”, lançado de surpresa no último sábado (16.06), foi filmado no Museu do Louvre, possivelmente o museu mais conhecido do mundo por ter em seu acervo obras de arte das mais importantes da história. Obras de arte essas que serviram de pano de fundo para o casal no vídeo de Apeshit.

Logo nas primeiras cenas do poderoso vídeo de pouco mais de 6 minutos, os dois aparecem em frente à Mona Lisa pintada por Leonardo da Vinci em 1503, o quadro mais procurado pelos turistas que enfrentam horas de fila no museu para vê-lo. Mas aqui Beyoncé e Jay-Z tem a Monalisa somente para eles. O verso que a música dispara “I can’t believe we made it/ This is why we’re thankful” faz todo sentido nesse momento.

captura-de-tela-2018-06-18-as-12-05-41

Aqui Beyoncé, vestida de branco faz sua coreografia, acompanhada por um corpo de bailarinas, todas negras, em frente a Vitória de Samotrácia. Nice ou Nike, a deusa grega, é retratada por uma escultura impressionante de quase seis metros de altura que representa a vitória, o poder e o triunfo e é também considerada a obra mais antiga do Louvre. Qualquer relação com a força e conquistas de Beyoncé no cenário pop mundial não deve ser mera coincidência.

Já a cena de Jay-Z, de terno brilhante, e Beyoncé vestida apenas de body tom de pele e cabelos presos, conferindo mais força a sua silhueta e corpo curvilíneo logo em frente da escultura de Vênus de Milo, é épica. Vênus era Afrodite, a deusa do amor.captura-de-tela-2018-06-18-as-12-07-19

Uma das cenas mais bonitas do vídeo acontece quando Beyoncé, vestida de Burberry, faz uma coreografia com suas dançarinas em frente ao quadro “A consagração do Imperador Napolão Bonaparte e a coroação da Imperatriz Josefina”de Jacques Louis David, datada de 1804.captura-de-tela-2018-06-18-as-12-06-21

Beyoncé tem se colocado como uma importante voz do empoderamento feminino e negro dentro do cenário da música pop. Gravar esse vídeo no Louvre, repleto de obras que glorificam as conquistas históricas européias (brancas), entre elas sobre a África negra, representa muito mais do que somente uma demonstração de poder do casal Carter, mas possivelmente a intenção é pontuar que ela, principalmente, é corpo e voz de toda uma transformação, conquistas sociais e políticas dos negros e das mulheres. E fechar o Louvre para contar essa história não é para muitos, ou talvez somente mesmo para os Carters.

O disco Everything Is Love já está disponível nas plataformas digitais Tidal, Spotify e Deezer a partir de hoje.


Relacionadas


Veja Também