13.11.2020 / Música / por

Supernova : 8 novidades da música para descobrir > 13.11

live de moses sumney no planet afropunk
live de moses sumney no planet afropunk

Por Isadora Almeida 

Sejam bem-vindos ao espaço dedicado à nova música no FFW.
Nos encontraremos toda sexta-feira por aqui com uma seleção dos lançamentos mais legais e interessantes do cenário musical nacional e internacional. Seja um clipe, música ou novo artista que descobri nos últimos dias. Uma curadoria de peças audiovisuais que, de alguma forma, me emocionaram ou chamaram minha atenção, seja pela estética sonora ou visual.

@almeidadora

Kylie Minogue – DISCO

A australiana Kylie Minogue faz uma volta triunfante em 2020 com o novo trabalho o dançante e divertido Disco que foi gravado todo na casa da cantora durante a pandemia. Como o nome mesmo propõe o álbum traz uma sequência de músicas para se acabar na pista de dança. O décimo quinto trabalho da cantora soa como um statement de que realmente 2020 foi (e ainda é) mais um ano em que o revival da Disco Music se faz importante em nossas vidas. Lançamento da BMG. 

Carabobina – Baja Del Altar

Carabobina é o projeto paralelo de Raphael Vaz, conhecido como Fefel, baixista da banda goiana Boogarins, com a namorada a engenheira de som e cantora venezuelana Alejandra Luciani. O álbum de estreia homônimo traz nove faixas cantadas em português, inglês e espanhol e se mistura entre psicodelia, rock alternativo (principalmente dos anos 90) e pop criando uma atmosfera tranquila e convidativa para audição.

Os destaques do álbum são as faixas Pra Variar, Deixar Rodear e a maravilhosa Baja Del Altar em que Alejandra canta em espanhol e traz referências de bandas como Breeders e Garbage, mas criando uma faixa super autoral. Lançamento da OAR. 

Loyle Carner – Yesterday (prod. Madlib)


Depois de atiçar os fãs nas redes sociais, Loyle Carner lançou Yesterday (ótima) nova faixa, a primeira lançada esse ano, e que conta com a produção do gigante Madlib.
A faixa traz Carner cantando contra a discriminação política e social que ele entende mais ao passar dos anos e a medida que ele descobre qual é o mundo que o rodeia.

Yesterday chega ao mundo junto do vídeo oficial dirigido por Carner ao lado de seu irmão Ryan (The Coyle-Larner Brothers). Lançamento da Universal Music.

Tiña – Positive Mental Health Music

Positive Mental Health Music é o álbum de estreia da banda Tiña, e o primeiro álbum lançado do selo cult Speedy Wunderground, que transforma turbulência emocional em baladas estranhas. 

A imagem que vem a mente é a de cowboys psicodélicos em campos de margaridas ou algo do tipo. Os jovens que vivem no sul de Londres lançaram um álbum de estreia que de uma maneira torta pode ser positivo e ainda que confiante não soa totalmente “fácil”. Vale a pena ouvir, talvez, como um estudo da psique humana.

Salaam Remi – Black On Purpose

Salaam Remi é um dos grandes produtores de rap, rnb e pop dos últimos vinte anos tendo produzido nomes como Nas, Fugees, Ms. Dynamite e Amy Winehouse e é agora que ele lança o primeiro álbum de músicas autorais, Black On Purpose. Cheio de ótimas participações são dezessete faixas que contam com participações afiadas de Nas, Common, CeeLo Green e outros grandes nomes da black music. Álbum pra quem curte rap clássico dos anos 90 e começo dos 2000. Lançamento da Louder Than Life Records.

Pedro Laureano – Esperas 

Cantor e compositor carioca, Pedro Laureano caminha entre referências do rock e da MPB e lança seu disco de estreia Esperas. O trabalho é produzido pelo músico Pedro Sá (Banda Cê, Tom Jobim, Orquestra Imperial) e tem participação de Arto Lindsay, Zé Ibarra (Dônica) e Jonas Sá. Destaque para Onda Nova, faixa que Pedro descreve como “Um samba meio psicodélico, com letra otimista.” Ótima pedida. O trabalho é distribuído pela Tratore.  

Lucy Gaffney – Send Me Away

Nova cantora de Belfast, Lucy Gaffney é um jovem compositora que faz um alt pop delicioso. A nova canção Send Me Away tem a produção de James Skelly, da banda The Coral e traz Lucy em sua melhor forma. Vamos acompanhar os próximos passos dessa artista (ainda) independente que ainda não tem nem um EP lançado. 

Moses Sumney – Live from Planet Afropunk 

O festival Planet Afropunk esse ano, por razões óbvias, aconteceu no mundo online e reuniu nomes incríveis da cultura negra mundial para apresentações pré gravadas. Moses Sumney um dos artistas do lineup fez, talvez, a “live” mais incrível de todas as que pipocam na internet desde março.

Ainda em campanha de divulgação do incrível álbum græ lançado em duas partes esse ano, Moses mostra que a criatividade de um artista completo é a única solução quando limitações nos são impostas. É um conteúdo sem data de validade, não fica preso a era da pandemia, ele vai ser importante e referencial ao longo dos anos. Figurino, coreografia, locação, tudo que ele apresenta nesses 20 minutos são impecáveis, não é necessário falar da voz do cantor, mas é sempre bom destacar que é com certeza uma das mais lindas e poderosas dessa geração. A direção também leva o nome do cantor. 

 

 

 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×