Arezzo & Co. investe no vestuário feminino com Schutz e aquisição da marca Carol Bassi

Em negociação de 180 milhões de reais, grupo finca os pés no segmento de roupas femininas

design-sem-nome-48

O grupo Arezzo & Co. comporta marcas como Alexandre Birman, Arezzo, Schutz, Fiever, Myshoes. Gigante no mercado de calçados a nível nacional, o grupo adquiriu a Reserva e a Baw, popular nativa digital focada no streetwear no ano passado, no auge da pandemia.

Agora, a Arezzo & Co. também realiza a aquisição a marca Carol Bassi (que estreou na edição 51 da SPFW digitalmente) por R$ 180 milhões de reais. Além disso, o grupo anuncia a produção de vestuário da Schutz. Com o movimento, o grupo, um dos maiores do Brasil, se joga de cabeça no vestuário feminino.

Atualmente, Carol Bassi tem duas lojas físicas, uma no Rio de Janeiro e outra em São Paulo. A Arezzo&Co planeja cerca de 20 lojas nos moldes do endereço paulista, além de locações menores, com 3 ou 4 novos endereços para serem criados ainda no próximo ano. Com a estrutura da Arezzo, Carol Bassi também vai investir na criação de uma linha de calçados.

“Fazer parte da Arezzo&Co vai nos trazer a estrutura que precisamos para acelerar nosso crescimento, mas mais do que isso,  o que nos encantou foi a sinergia com Alexandre e Rony, assim como eu e o Caio, meu marido e sócio, eles têm paixão pelos negócios que construíram, é uma conexão de alma. Estou muito feliz com o que vamos criar juntos a partir daqui”, diz Anna Carolina Bassi, fundadora da Carol Bassi em comunicado.

“Carol criou um grande negócio que ao mesmo tempo parece ser a melhor amiga de suas consumidoras. Já não se sabe mais onde começa a influenciadora e termina a marca, onde começa a loja e termina a casa.”, afirma Rony Meisler CEO AR&Co.

Já no caso da Schutz, o grupo Arezzo oficializou e já mostrou em evento interno a linha de vestuário feminino que chega às lojas em 2022, chamada de Schutz Lifestyle. A estratégia é que o vestuário feminino seja responsável por 25% das vendas totais da Schutz e posteriormente 50% até 2026. “Tenho o maior orgulho em ver a Schutz se transformar em uma marca de lifestyle. Hoje apresentamos a primeira coleção full look da Schutz. Com esse lançamento a Arezzo&Co finca os dois pés no vestuário feminino.” postou Alexandre Birman, CEO do grupo em seu Instagram pessoal. “Na coleção, peças chave do guarda roupa feminino, com linguagem que passeia pela alfaiataria impecavelmente pensada, em conjunto com influências do sportswear.”

“É sobre peças chave, atemporais, que vão acompanhar a mulher 24 horas por dia e que ela terá no armário para sempre” conta Cacá Garcia, diretora de estilo da Schutz, que tem passagens por marcas de sucesso entre o público feminino de luxo como Cris Barros e Raia de Goeye.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×